Cristiano Ronaldo vai casar-se com Georgina
«Estou apaixonado por ela»

Nacional

Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez vivem um relacionamento estável. A paixão é evidente e Ronaldo fala agora sobre o casamento

Seg, 16/09/2019 - 13:30

Cristiano Ronaldo sonha em casar-se com Georgina Rodríguez, e é o próprio quem o diz. O craque fez, recentemente, revelações inéditas sobre a sua vida pessoal, nomeadamente sobre o possível casamento com a modelo, numa entrevista ao apresentador britânico Piers Morgan, no programa Good Morning Britain. Ronaldo abriu o coração e assumiu o desejo de se casar com a beldade espanhola, de 25 anos.

«[A Georgina] ajudou-me tanto. Claro que estou apaixonado por ela. Um dia vamos casar», começou por referir o jogador da Juventus.

Assumidamente católico e praticante, Cristiano afirmou ainda que um dos sonhos da mãe, Dolores Aveiro, é ver o filho no altar. «Também é o sonho da minha mãe. Por isso, um dia, por que não?», completou.

Os rumores do casamento de Cristiano Ronaldo e Georgina Rodríguez começaram há cerca de um ano, quando o jogador ainda estava no Real Madrid. Já em fevereiro passado, a mãe de Alana Martina fez questão de admitir que gostava de oficializar a relação com o craque português, mas que este, ainda, não é o momento certo.

«Se o Cristiano me pediu para me casar com ele? Por enquanto não, mas gostava muito», afirmou a espanhola em entrevista à revista espanhola Hola!.

Cristiano Ronaldo é pai de Cristianinho, de 8 anos, dos gémeos Eva Maria e Mateo, de dois anos – os três fruto de inseminação artificial - e ainda de Alana Martina, de 1 ano e 7 meses, fruto da relação que mantém com Gio.

 

Cristiano Ronaldo em lágrimas ao recordar o pai

Na mesma entrevista, Cristiano Ronaldo falou, sem tabus, sobre a relação que teve com o pai, José Diniz Aveiro. «Realmente não conheci o meu pai a 100%. Ele era uma pessoa bêbada. Nunca tive com ele uma conversa normal. Foi difícil», refere, visivelmente emocionado.

Durante a conversa, o jornalista surpreende o internacional português ao passar imagens inéditas do pai, que levaram Ronaldo às lágrimas. «Ser o número um e ele não ver nada, ele não me ver receber prémios, para ver aquilo em que eu me tornei», refere o jogador, explicando o motivo da sua tristeza. 

Recorde-se que o progenitor morreu no dia 6 de setembro de 2005, aos 52 anos, devido a problemas hepáticos e renais.

 

Texto: Márcia Alves; Fotos: Reprodução Instagram

Siga a Revista VIP no Instagram