Coronavírus
O Preço Certo mantém gravações. Técnicos revoltados e com medo

Nacional

As gravações de O Preço Certo, da RTP1, vão, para já, manter-se. Ao contrário do que acontece com os programas Praça da Alegria e A Nossa Tarde.

Qui, 12/03/2020 - 07:45

As gravações de O Preço Certo, da RTP1, vão, para já, manter-se. Ao contrário do que acontece com os programas Praça da Alegria e A Nossa Tarde, do mesmo canal, que prescindiram de figuração para evitar a propagação do coronavírus, o concurso apresentado por Fernando Mendes não sofreu qualquer alteração.

A Maria sabe que a produtora Freemantle Portugal vai dar continuidade ao formato e com público em estúdio, contrariamente ao que foi noticiado pelo site da Flash!. Uma decisão que está a indignar os cerca de 25 técnicos que produzem O Preço Certo. «Estamos preocupados, claro. Os outros programas deixaram de ter pessoas a assistir e nós vamos continuar a ter cerca de uma centena em estúdio», conta ao nosso site uma fonte da produção.

O programa, emitido de segunda a sexta-feira, depende, aliás, do público, já que é deste que saem os concorrentes. «Podiam escolher antecipadamente meia dúzia de participantes e resolviam assim o assunto. É uma questão de segurança», sugere.

A mesma fonte adianta ainda que «foi pedido a maquilhadoras e a cabeleireiras para usarem máscaras de proteção e luvas». «É muito complicado pentear e pintar quem quer que seja assim...», atira.

A Maria sabe também que, à entrada do estúdio onde decorrem, ao longo desta quarta-feira, as gravações do programa do divertido apresentador, esteve «uma equipa de paramédicos a medir» a temperatura corporal a todos os que ali entraram.

Contactada pela Maria, fonte oficial da Fremantle confirmou que não há, de facto, qualquer indicação de que as gravações de O Preço Certo sejam interrompidas.

- Fernando Mendes: mais magro 40 quilos. O impressionante antes e depois 

Texto: Ana Filipe Silveira com Patrícia Correia Branco; Fotos: reprodução redes sociais

Siga a Revista VIP no Instagram