Cláudio Ramos
Sobre Harry e Meghan: «Com o rabinho quente, toda a gente quer ser independente»

Nacional

Rainha Isabel II reuniu-se com o neto, príncipe Harry, na tarde desta segunda-feira, dia 13 de janeiro.

Ter, 14/01/2020 - 12:13

Enquanto ajudavam Joana Barrios a preparar o cozinhado desta terça-feira, dia 14 de janeiro, n'O Programa da Cristina, Cláudio Ramos e Cristina Ferreira comentaram a decisão da rainha Isabel II em relação ao afastamento do príncipe Harry e de Meghan Markle dos deveres reais.

Recorde-se que a monarca se reuniu com o príncipe Carlos, o príncipe Harry e o príncipe William na tarde desta segunda-feira, 13, na Sandringham House, precisamente para abordar esta crise que se instalou na família real britânica. 

«Encostou-a contra uma parede»

 «A rainha já veio dizer que pronto...», começa por revelar a apresentadora. 

«Veio dizer porque não tinha nada para dizer, estás a perceber? Veio dizer porque ele [Harry] encostou-a contra uma parede. E ela o que vai fazer, com esta idade? Teve que aceitar, não há nada a fazer», atira o «vizinho».

«A popularidade do casal, do Harry e da Meghan, caiu a pique em Inglaterra», lamenta a estrela da SIC. 

«É uma tristeza isto. Ele pode não receber o dinheiro dos contribuintes, mas não nos podemos esquecer que o paizinho dele [príncipe Carlos] lhe dá, todos os anos, dois milhões e 700 mil euros. E não nos podemos esquecer que a família real britânica patrocinou as obras da casa onde ele vive e de onde não quer sair. Com o 'rabinho' quente, toda a gente quer ser independente», afiança Cláudio Ramos. 

«Coitadinha, está muito ocupada»

«A Meghan não estava, foi por videochama», revela, indignada, Cristina Ferreira. 

«Coitadinha, está muito ocupada», ironiza o comentador do Passadeira Vermelha. 

«A Kate Middleton também não foi, estava a tomar conta dos seus três filhos. Esperta é ela que não se mete nestas coisas. Eu acho que o William, o pai e a rainha devem estar, acima de tudo, tristes», comenta a apresentadora. 

«Sabes o que dizem na BBC, que eu tenho escutado? Que ele já tinha esta vontade há muito tempo. É mais vontade dele do que dela. Se for verdade ainda é pior, porque ele estaá a 'colocar' as culpas todas da opinião pública em cima da Meghan», revela o   

Cristina Ferreira, dadas as várias versões que existem, diz que também se constou tratar-se de uma «questão de saúde».

«Ai coitadinha, faz-lhe mal o dióxido de carbono em Inglaterra», responde o «vizinho», deixando a plateia a rir às gargalhadas. 

«Não... depressões», informa a anfitriã do matutino da SIC. 

- Cláudio Ramos arrasa Meghan Markle: «Rata velha... já sabia, até demais, para o que ia»

A decisão da rainha Isabel II 

O Palácio de Buckingham já divulgou as decisões que foram tomadas nesta reunião. Em comunicado, a rainha de Inglaterra afirma que a família real teve muitas «discussões construtivas sobre o futuro do seu neto e da sua família.»

«A minha família e eu apoiamos inteiramente o desejo de Harry e Meghan de criar vida nova com a sua família. Apesar de preferirmos que eles permanecessem como membros da família real em período integral, respeitamos e entendemos o seu desejo de viver uma vida mais independente, disponibilizando uma parte valiosa do seu tempo à minha família» lê-se no comunicado.

Continue a ler aqui.

Texto: Ivan Silva; Fotos: reprodução Instagram e Reuters

Siga a Revista VIP no Instagram