Cirurgia insólita: Mãe doa intestino e salva vida da filha
Criança já tinha sido operada 8 vezes

Internacional

A mãe de Serena, de três anos, salvou-lhe a vida através de um procedimento cirúrgico inédito. Doou parte do intestino delgado à criança, que precisava de transplante urgente.

Dom, 19/05/2019 - 07:40

A cirurgia inédita no Brasil foi feita pela equipa médica do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, e durou cerca de 12 horas. Serena teve alta na última quinta-feira, 9 de maio, e já consegue alimentar-se por via oral. Com Síndrome do Intestino Curto, condição decorrente da Artresia de Cólon – malformação ou ausência de parte do intestino delgado –, a menina já tinha sido submetida a uma bateria de cirurgias. Em nenhuma delas foi possível reconstruir-lhe. A cada operação, Serena perdia mais alguns centímetros do seu intestino delgado – responsável pela absorção dos alimentos – que ficou com apenas 5cm. Perdeu também metade do intestino grosso, responsável pela digestão do alimento e pela evacuação. 

«O cirurgião disse que não havia mais nada a fazer»

«Nos primeiros seis meses, a Serena já tinha feito oito cirurgias de intestino. Na última, o cirurgião disse que não havia mais nada a fazer. Ela não tinha intestino para comer e sobreviver», diz Priscila Carvalho. A criança agora submetida a esta cirurgia inédita não podia alimentar-se por via oral e já recebia nutrição intravenosa, conhecida como nutrição parenteral. Usada por muito tempo, contudo, pode comprometer o funcionamento de órgãos, como o fígado e o rim.

Pais agradecem e suplicam «Seja doador»

«Mais uma etapa vencida, estamos de alta! Hoje, depois de tantas fases, tantos medos, estamos aqui pra dizer que está tudo Bem, tudo muito Bem, com muita alegria mudamos para um ciclo novo e livre dos “fios”. Estivemos nas mãos dos melhores médicos, com as melhores perspectivas, mas sempre com os pés bem no chão, sabendo de tantos riscos (superando um a um). Obrigado aos Dr. Rodrigo Vincenzi, Dr. João Seda, Dr. Paulo Chapchap por toda dedicação no caso da Serena, somos muito gratos pela vida dela e por saber que existem profissionais sempre buscando o melhor.

Siga a Revista VIP no Instagram