Maria Helena Pina, filha de Maria de Belém Roseira e Manuel Pina, deu o nó com Eduardo Mastranza, com quem namorava há quase quatro anos. A cerimónia religiosa aconteceu na Igreja de Nossa Senhora do Loreto, no Chiado, e, além da atípica chegada da noiva ao som do fado Foi Deus, cantado pela fadista Teresa Tapadas, esta boda foi muito internacional.

Entre os cerca de 200 convidados contavam-se, pelo menos, quatro nacionalidades. Isto porque o noivo é italiano, a noiva portuguesa, conheceram-se em Madrid e vivem em Londres. “Estou um bocado ansioso. Quero que tudo corra muito bem. Temos convidados de muitas partes do mundo, vai ser original, mas estou nervoso”, disse Eduardo à VIP, revelando ainda que quis manter a expectativa sobre o vestido da noiva até ao fim e que o momento de fazer o pedido foi conturbado: “Fiz o pedido há seis meses. Tive de mudar muito os planos. Queria tê-lo feito no Sul de Itália, mas não foi possível. Depois, fomos a Granada e, aí, queria fazê-lo no Palácio da Alhambra; por fim, fi-lo num restaurante panorâmico onde só estávamos nós. E pus-me de joelhos”.

No momento em que viu a filha chegar à igreja, de braço dado com o pai, num vestido H&E London, cor de marfim, e penteada por Marina Cruz, uma grande amiga da família, a deputada do Partido Socialista emocionou-se e disse: “Era um dia que eu gostava que acontecesse se a Helena se sentisse feliz. Como ela se sente feliz e o Eduardo também, é um bom dia para todos”. E, nesses instantes antes de se tornar uma mulher casada, Maria Helena Pina afirmou: “Sempre sonhei casar com alguém como o Eduardo”.

Após a missa, a celebração continuou no Pátio da Galé, na Praça do Comércio, em Lisboa. Mais uma vez, o jovem casal primou pela originalidade: os convidados seguiram para o copo-d’água a bordo dos peculiares veículos Tuk Tuk. Aí, já depois de terem oficializado a sua união, marido e mulher afirmaram, ao mesmo tempo, numa perfeita sintonia: “Estou muito feliz”. “É uma sensação de felicidade e serenidade”, acrescentou ainda Maria Helena, de 29 anos.

Já o seu pai, Manuel Pina, atestou que é difícil casar uma filha.“Sinto que vai qualquer coisa a fugir”, confidenciou, antes de se juntar aos amigos e família para a festa. Maria de Belém Roseira, feliz, rematou: “Acho que foi um casamento lindíssimo. A Teresa Tapadas tem uma voz lindíssima e acho que toda a gente ficou comovida. Eu emocionei-me, claro”.

Texto: Laura Ribeiro Santos; Fotos: Helena Morais

Siga a Revista VIP no Instagram