caso zé do pipo
Eliminado o registo das últimas chamadas do cantor

Nacional

As investigação do Ministério Público poderam, neste momento, três hipóteses: Homicídio, rapto ou sequestro.

Sáb, 18/05/2019 - 19:00

A investigação ao desaparecimento de Zé do Pipo prossegue e mantém todas as hipóteses em aberto. O Ministério Público insiste em apurar o percurso que o artista fez desde que saiu de casa para ir ao banco e à farmácia, até se lhe ter perdido o rasto. De acordo com o CM, o Ministério Público coloca ainda as hipóteses de homicídio, rapto ou sequestro na investigação ao desaparecimento de Nuno Batista, de 40 anos.

Desaparecido há mais de meio ano

«No caso em apreço nos autos, investiga-se como uma das possibilidades abstratamente consideradas a eventual prática dos crimes de homicídio, de rapto ou de sequestro», pode ler-se no processo que se encontra no Tribunal de Leiria. Suspeita-se que alguém poderá ter apagado as chamadas realizadas do telemóvel de Nuno Batista. Zé do Pipo desapareceu em novembro do ano passado, 2018, junto à praia de Peniche, onde foram encontrados a viatura e os documentos. As buscas pelo artista terminaram e nunca se chegou a saber o que aconteceu.

Siga a Revista VIP no Instagram