Casados à Primeira Vista: Hugo quebra o silêncio sobre o programa
«Mas qual bomba? Quando chegou ali já estava rebentada!»

Nacional

Dois meses depois, Hugo Oliveira quebra o silêncio sobre a sua polémica participação em Casados à Primeira Vista, da SIC, dando-se a conhecer um pouco melhor ao público português. No entanto, não poupa nas palavras quando o assunto é «Ana Águas».

Qui, 17/01/2019 - 19:06

Hugo Oliveira, de Casados à Primeira Vista, quebrou o silêncio sobre a sua participação na experiência social da SIC, no decorrer da tarde desta quinta-feira, dia 17 de janeiro, no programa de Júlia Pinheiro

O ex-marido de Ana Águas (já estão divorciados) começa por falar no facto de ter estado «desaparecido» desde que saiu do programa. «Hoje aqui estou. Por si [Júlia Pinheiro]», conta. «Não desapareci. Terminou a experiência e voltei a fazer a minha vida normalmente», revela.

A apresentadora fala sobre a última cerimónia de Casados à Primeira Vista, que não contou com a presença de Hugo. «Fui convidado, mas não fui. Só tinham passado cinco dias desde que sai. Foi uma questão emocional. Ia voltar para um pesadelo» 

Perante tal revelação, Júlia não perde tempo: «Foi um pesadelo?»

«Sim, foi o meu grande pesadelo, até agora. Foi tudo menos aquilo que eu esperava. Ia para encontrar o amor da minha vida», responde.

O condutor de semi-reboques, profissão que iniciou seis meses antes de entrar no programa, conta que já foi casado durante três anos. «Relação de cinco anos, casado três. Fui feliz nas minhas relações passadas, mas nunca vivi o grande amor! Por isso é que me inscrevi. Vim pedir ajuda aos especialistas», explica. 

«Eu posso ter tudo, mas sinto que não tenho quase nada!»

O noivo, que vive sozinho desde os 17 anos, confessa que «pode ter tudo, mas sente que não tem quase nada». «Quero viver em plena harmonia com alguém. Eu estou bastante 'encontrado'. Só me falta o amor, as crianças, a família. Eu tenho duas hipóteses: ou ainda vivo essa parte da vida, ou assumo: 'Pronto ok. Esquece. Não foste feito para isso'», desabafa. 

Hugo considera-se um homem afetuoso. Teve uma infância feliz, mas com uns pais muito ausentes. Vê na mãe a sua melhor amiga, a mulher na qual se revê. No entanto, garante que não procura a «dupla» da progenitora. 

«Eu não sou sexual»

O concorrente, que vive em Lisboa, admite que «não é sexual». «Se fosse sexual, hoje estava com uma e amanhã com outra. Mas eu não quero isso. Eu preciso do amor», garante. 

Júlia Pinheiro introduz o tema «Ana», na conversa. «Notou-se que ficou deslumbrado com a chegada da Ana...»

«Fiquei deslumbrado porque eu não sabia quem ia aparecer. Eu já tive namoradas tão bonitas como a Ana. Preparei-me seis meses para o programa. Vi todos, de todos os países. Mas quando vi as amigas da Ana, assustei-me. Ia aceitar qualquer pessoa como a mulher da minha vida», responde. «Ela não estava preparada para estar ali», continua.

Durante a conversa, Hugo admite que «só na terceira semana é que se apercebeu que não fazia o tipo de homem da noiva escolhida para si». «Aqui, com esta equipa, nestas quatro paredes, ela era uma coisa. Lá fora, não queria ser agarrada, beijada», comenta.

«Gostas pouco (gostas)» 

«Gostas pouco (gostas)». Ana ficou incomodada com esta frase que o então marido lhe disse, quando este lhe levou um bocado de bolo à boca, no decorrer do casamento. «Ela acrescentou o 'gostas'. É totalmente diferente. Podem ver as gravações», garante, negando qualquer tipo de insinuação sexual com a mulher. 

«Disse isso para ser engraçado. Eu sou assim. Para mim o sexo é o menos importante. Gosto de ver, na realidade, não na Internet. E gosto de tocar. Se for a minha mulher, melhor ainda. Esqueçam o machista, o 'troféu', que só penso naquilo», continua. 

Hugo pediu mulher com seios e glúteos, para conseguir «agarrar»

Quando se reuniu com os especialistas, aquando da sua entrada na experiência social da estação de Carnaxide, Hugo pediu uma mulher com seios e glúteos, para conseguir «agarrar». No entanto, revela agora a Júlia Pinheiro que «podia aparecer uma mulher totalmente diferente, sem peito, por exemplo, e ser o amor da sua vida, na mesma».

«Nunca fui homem de olhar para uma mulher na rua e pensar 'fazia ou acontecia'», assegura. «Eu tenho um sentido feminino bastante apurado. Eu não funciono muito como homem, eu funciono mais como uma mulher», revela. «O Hugo quando chegou ali, falta de sexo não tinha. O Hugo que está hoje aqui, falta de sexo não tem», acrescenta. 

«Mas qual bomba? Quando chegou ali já estava rebentada»

Júlia Pinheiro volta a falar em atração sexual. «Quando lhe aparece aquela bomba à frente...»

«Mas qual bomba? Ela quando chegou ali já estava rebentada. Linda e maravilhosa, mas não estava preparada para estar ali. Tem problemas emocionais, na vida real. Não devia estar ali», responde de imediato o entrevistado.

O início dos problemas com Ana

Hugo diz que os problemas começaram após a lua-de-mel. «A viagem foi fantástica, mas também teve os seus desencontros. Entretanto deparei-me com quem era a Ana de verdade», conta.

O concorrente de Casados à Primeira Vista revela que teve relações sexuais com a instrutora de fitness em Marrocos. «Fomos ativos. Foi a única coisa que ela me agradeceu, olhos nos olhos», revela.

Intrigada, Júlia Pinheiro questiona: «Como é que a parte sexual pode ter corrido tão bem, se a outra correu tão mal?»

«Fui bastante ingénuo. Mas isto aqui não é a minha verdade contra a verdade da Ana. O envolvimento sexual foi iniciativa dela». « Não sabia a opinião dela. Ela fez o caminho todo que desejou. Eu estava apenas a ser usado. Ela é uma artista. Pensava que aquilo ia ser tudo verdade. Sim, lamento. Fui ingénuo!»

Hugo vai além e admite que «estava apaixonado por aquela mulher na lua-de-mel. Sim, foi rápido, mas aconteceu».

«Ela nunca quis saber nada sobre mim»

Depois daquilo que Hugo pensava ser o início da «chama do amor», eis que o pior chegou. «O que vimos a seguir foi a rejeição. Ela nunca quis saber nada sobre mim. Não sabe onde trabalhei, o que fiz, etc. Só falava dela. Tudo mudou quando nos entregaram os telemóveis. Ela tinha questões importantes para resolver. E tinha que usar aliança, que andar com aquele que era o seu marido. Mas a mente dela não estava preparada», desabafa.

Dave e Ana? 

Sobre o alegado envolvimento entre Dave e Ana, Hugo apenas revela que «não tem nada a ver com isso». No entanto, garante: «Para mim... traição... a partir daquele primeiro momento que todos vimos [quando o surfista e a instrutora de fitness se conheceram, numa das cerimónias]!»

«Eu vi duas vezes a entrevista que a Ana lhe deu. Mexe comigo. Se calhar só estou aqui por causa dessa entrevista. Tudo aquilo que ela diz de mim é o que ela é!»

O condutor de semi-reboques confessa que, durante a «aventura», pensava que as coisas podiam melhorar a cada dia que passava.

A maior desilusão de Hugo

«A minha maior desilusão: passaram por mim mulheres extraordinárias e não tiveram o Hugo que a 'noiva' teve. Não me devia ter humilhado. Mediante o tratamento que tive durante o programa, eu nem quero aquela pessoa para amiga», garante.

Sobre os comentários negativos nas redes sociais, Hugo explica: «As pessoas comentam aquilo que a televisão mostrou. Eu preferia que dissessem coisas positivas, mas pronto. Quem me quiser conhecer melhor, eu disponibilizo um bocado do meu tempo para conhecerem melhor o meu 'eu'!»

O ex-marido da instrutora de fitness gostava de participar como especialista num próximo programa. «Esta experiência foi um desastre, a nível pessoal, amoroso e financeiro. Mas eu gostava de ajudar as outras pessoas, para que não sofressem como eu sofri. A mim permitiram-me ser maltratado. É essa a minha mágoa», remata.

LEIA AINDA: Hugo Oliveira deixa o mistério no ar 

Texto: Redação WIN/Conteúdos Digitais; Fotos: Redes Sociais e SIC 

Siga a Revista VIP no Instagram