Carreira esquecida de João André nas mão de comediante
Carlos Coutinho Vilhena promete fazer ex-moranguito brilhar

Nacional

A vida do eterno Kiko de Morangos com Açúcar não tem sido fácil. O humorista Carlos Coutinho Vilhena promete agora fazer sucesso com João André

Ter, 09/04/2019 - 13:40

João André ficou conhecido do público ao interpretar Kiko na terceira temporada de Morangos Com Açúcar, da TVI, em 2005. Desde o fim da temporada, o ator entrou em algumas novelas da estação mas nunca no elenco permanente. A falta de trabalho na área da representação obrigou-o a procurar uma alternativa e, tal como avançou a VIP, fez entregas ao domicílio.

A história de vida do ator chamou a atenção do humorista Carlos Coutinho Vilhena que promete voltar a colocar o ex-moranguito nas «luzes da ribalta». Este domingo, 7 de abril, o comediante partilhou o documentário O Resto da Tua Vida, em que João André desvenda o que aconteceu desde o fim da série juvenil.

«Já cheguei a ganhar 4500 euros num fim de semana e hoje não ganho isso num ano», começa por contar o ex-moranguito. «Eu pensava que ia continuar, que ia fazer a série de verão até que os meses passaram e o telemóvel nunca mais tocou», afirma.

«'Posso tratar-te por Kiko?',‘Agradecia-lhe que me tratasse por João'»

«Já trabalhei em restauração e é um trabalho, por si só, duro mas acontecia-me várias vezes eu estar a servir e apontarem-me o dedo. ‘Tu és o Kiko’. Uma vez a trabalhar ao público, chega um cliente e a primeira coisa que diz é: ‘Tu és o Kiko dos Morangos Com Açúcar’. E eu: ‘Eu fiz de Kiko mas o meu nome é João’. E ele diz: ‘Sim. Mas posso tratar-te por Kiko’. E eu: ‘Agradecia-lhe que me tratasse por João’. ‘Sim mas tu és o Kiko que já não tem trabalho’», revela, sobre as dificuldades que tem enfrentado.

«Comecei a simpatizar com o João. Ele é bom miúdo e talvez isso também seja a razão da sua falência», afirma Carlos Coutinho Vilhena momentos antes de revelar que quer «pegar na carreira do João durante um ano com o objetivo de voltar a pô-lo nas novelas».

«O que é isto? É a gozar ou é a sério?», «Acho que estamos perante uma nova etapa no YouTube», «um projeto tão arriscado e ambicioso» e «não sei se isto é a sério ou macacada», são alguns dos comentários que se podem ler na publicação.

No primeiro episódio do documentário não ficou bem claro se se trata de uma sátira ou não. O nosso site tentou entrar em contato com o ator e com o humorista em questão mas não obteve resposta.

Assista aqui ao vídeo:

Texto: Redação WIN – Conteúdos digitais| Fotos: Redes Sociais

Siga a Revista VIP no Instagram