Carla Vasconcelos
Famosos arrasam atriz após polémica com Inês Herédia sobre gordofobia

Nacional

Carla Vasconcelos já pediu desculpa publicamente, mas há várias caras conhecidas a insurgirem-se contra ela. Autores das novelas da TVI, Isabel Figueira e Ricardo Castro são apenas alguns.

Dom, 16/05/2021 - 20:40

A polémica entre Inês Herédia e Carla Vasconcelos continua a dar que falar. Tudo começou com uma cena da novela "Festa é Festa", em que a personagem de Inês Herédia faz um comentário sobre mulheres gordas. Carla Vasconcelos não gostou, chamou-lhe acéfala, mas arrependeu-se e já veio a público pedir desculpa. No entanto, já há vários famosos a manifestarem-se sobre o tema.

Uma das primeiras a fazê-lo foi Maria João Costa, autora da novela "Amar Demais", em exibição na TVI. E porquê? No texto que Carla Vasconcelos partilhou nas redes sociais, a atriz deu a entender que mudou algumas frases do guião: "Sabes quantas vezes falei com a autora para lhe dizer o que acontece na verborreia dos outros quando se é gordo? Para que a minha experiência fosse aproveitada para um guião construtivo?"

"Li isto e pensei... Sim, quisemos tratar em 'Amar Demais' a gordofobia de modo construtivo. Mas há uma coisa que nunca fizemos: que foi escrever frases gratuitas sobre o tema, ao contrário do que é sugerido pela Carla. Cada 'agressão' feita à Gisela [personagem de Carla Vasconcelos] foi intencional. Para que o público pudesse ver de fora como é viver nessa pele e o quão difícil essa realidade pode ser. Tratar o tema, sem mostrar a dureza do mesmo, sem explorar as manifestações de preconceito associadas, não seria tratar o tema. Porque só perante tais agressões a personagem se poderia insurgir e dizer àquela gente o quão farta estava de ser tratada daquela forma. Portanto, se em cena alguns atores mudaram as frases escritas, fizeram mal, porque cortaram o efeito da proposta de abordagem ao tema, que exigia essa crueza inicial", começou por escrever.

"Acredito que, quando um ator aceita um papel, sabendo qual vai ser a abordagem autoral, não tem de tentar depois mudar os textos, como chegou a acontecer em 'Amar Demais' com a Carla, nem tem de criar um ambiente que leve os colegas que têm frases cruas para dizer a sentirem-se mal com isso, tentando encontrar outras formas de dizer o que é suposto, já que o texto não foi escrito ao calhas", sublinhou ainda. 

Esta publicação levou a muitos comentários sobre o tema e Maria João Costa respondeu a vários. Numa das respostas, afirmou: "Entendo o ponto de vista da Carla, apesar de discordar da forma violenta com que ataca a Inês Herédia. É um tipo de bullying parecido com aquele de que ela se queixa, não? Mas a verdade é que só entro na conversa potque ela refere a forma como o tema foi tratado em 'Amar Demais'. A meu ver, ela não compreendeu o papel que lhe foi atribuído. Nem o arco narrativo da personagem. O que me estranha, porque sempre me disse que gostou muito do papel".

Famosos apoiam Inês Herédia e autora da novela

Isabel Figueira, que faz parte do elenco da mesma novela, também comentou a publicação de Maria João Costa: "Tenho a dizer à Carla Vasconcelos, depois de ler este texto e ela sabe que gosto muito dela, este tipo de pessoas existem e tem que ser retratadas nas histórias contadas pelos autores. Se é bonito? Não é!!! Sou contra a existência de pessoas assim mas estas pessoas infelizmente existem".

Patrícia Candoso também deixou a sua opinião: "Estamos a chegar a um ponto em que qualquer dia não se pode escrever, criar, representar personagens que retratem a sociedade... porque a ficção tem que dar o exemplo, então vamos ignorar que existe racismo, homofobia, violência doméstica, gordofobia etc, etc". Já Ursula Corona dirigiu-se diretamente à autora da novela: "Pessoas mal resolvidas prontas a criticar estarão sempre tentando audiência, e se ignorar e continuar a fazer o seu melhor, elas não terão voz". 

Ricardo Castro, que já viveu o problema da obesidade e que entra na novela "Amar Demais" também partilhou um longo texto nas suas redes sociais sobre gordofobia. No final, deu a sua opinião sobre a cena em questão da novela "Festa é Festa": "Não ofende em nada a cena interpretada pela atriz Inês Herédia, porque é humor, comédia ligeira, porque está a fazer o seu trabalho, a respeitar o texto e a valoriza-lo da melhor forma que sabe. Sempre se 'brincou' com os gordos e até os gordos brincam com as limitações da sua própria gordura".

Autor de "Festa é Festa" arrasa Carla Vasconcelos

Ainda sobre este tema, o autor da novela "Festa é Festa", Roberto Pereira também se manifestou. "Depois de, nos últimos dias, toda a classe artística se ter unico e manifestado em torno da dor da perda de uma das nossas maiores figuras da representação, acho repudiante que haja criaturas que, somente na ânsia de serem faladas, venham a público criticar de forma reles, gratuita e injustificada, colegas de profissão, mães de família e, acima de tudo, pessoas de bem e com educação, que merecem todo o meu respeito e solidariedade", começou por escrever.

"Quanto a esta gente, só posso sentir o mesmo que este nosso mercado de trabalho tem sentido por ela: indiferença", afirmou, terminando ainda: "Para a próxima, pensem duas vezes antes de me enviarem mensagens a pedir trabalho, usando as suas características físicas como uma mais-valia, quando pelos vistos não o sentem ser".

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: Reprodução redes sociais

 

Siga a Revista VIP no Instagram