Big Brother
Anuska não quer mais nada com Hélder: "uma mulher não é um objeto sexual"

Nacional

Anuska está de costas voltadas com Hélder. A irmã de Iury revela que, desde que foi expulsa do "Big Brother - Duplo Impacto", mudou a imagem que tinha do amado

Qui, 14/01/2021 - 19:20

Anuska Tatiana não tem gostado das brincadeiras que têm acontecido entre Hélder e Joana Diniz desde que a irmã de Iury abandonou a casa do "Big Brother - Duplo Impacto", na gala do passado domingo, 17 de dezembro. Entrevistada pela repórter digital do formato, Marta Neves, a primeira concorrente expulsa desta edição do reality show da TVI admite que a atitude que o técnico eletrónico tem tido nos últimos dias foi um "abre olhos".

"Tínhamos um carinho muito grande um pelo outro que eu pensava ser uma amizade verdadeira. Acho que nenhuma mulher tem de ser objeto sexual, nem um objeto descartável do homem. Toda a mulher tem de ser respeitada para respeitar o próximo e não é isso que está a acontecer", começou por contar Anuska quando questionada pela anfitriã do "Big Live" sobre a natureza da relação os unia.

Há quatro dias fora do jogo, a ex-concorrente do "Duplo Impacto" não está certa se se trata de estratégia ou se há realmente uma atração física ente Hélder e Joana Diniz. "A Joana pode estar a jogar como não. Se ela estiver a jogar, que continue. Se ela estiver interessada nele, que continue interessada nele", afiançou, contudo recordando o que o concorrente natural de Santa Maria da Feira lhe disse quando foi expulsa por decisão dos portugueses. "Quando saí da casa, não lhe pedi nada. Ele é que disse para confiar nele". "Outra coisa mais grave ainda. Ele pediu desculpa aos meus pais por alguma coisa que eles não tinham gostado da parte dele", acrecentou.

"Foi tudo fachada"

Não obstante, a irmã de Iury admite que já tinha conhecimento do tipo de comportamento do concorrente, mas mantinha a esperança que ele fosse mudar. "Conheço o Hélder desde que saiu do 'BB2020'. Criámos uma ligação forte. É verdade que nos aproximámos mesmo muito... Sempre soube que o Hélder tinha este lado divertido, de querer aproximar-se das mulheres, mas houve um momento que ele me fez acreditar que iria mudar…”, disse para depois garantir que a sua curta experiência no reality show da TVI a fez ganhar consciência da verdadeira natureza de Hélder.

"Adorava ter ficado na casa, mas agora agradeço muito e sou muito grata aos portugueses por me terem expulsado no domingo, porque vejo realmente quem é o Hélder. Por isso digo: uma mulher não é um objeto sexual, nem um objeto descartável. Neste momento ele está a agir muito mal.“

Ter tido a oportunidade de observar o comportamento de Hélder dentro da casa foi para Anuska um "abre olhos". "Pensava que o Hélder era uma coisa, porque ele me transmitia que ele tinha mudado e afinal foi tudo fachada", afirmou. Questionada sobre a possibilidade de enviar um avião para o concorrente, a supervisora de um ginásio é peremptória: "Da minha parte não". 

Texto: Alexandre Oliveira Vaz; Fotos: Redes Sociais

Siga a Revista VIP no Instagram