Angélico Vieira
Cantor já morreu há oito anos

Nacional

O acidente trágico que tirou a vida a Angélico Vieira aconteceu há precisamente oito anos, a 28 de junho de 2011. Recorde o percurso do artista.

Sex, 28/06/2019 - 14:42

Passaram-se oito anos desde que Angélico Vieira morreu, na sequência de um trágico acidente de viação. A tragédia, que aconteceu na madrugada de 25 de junho, na A1, em Estarreja, deixou o ex-namorado de Rita Pereira em estado muito grave, tendo dado entrada no hospital de Santo António, no Porto.


Ao volante de um BMW, o ex-moranguito seguia com Hélio Filipe – que teve morte imediata – , Armanda Leite – que ficou gravemente ferida –  e Hugo Pinto, que saiu ileso.

Apesar do tempo que passou, os mais próximos não esquecem a partida daquele que se tornou um ícone da série juvenil Morangos Com Açúcar, da TVI. Rita Pereira, que namorou durante vários anos com o artista, recordou o momento do acidente, através das redes sociais, e partilhou a fotografia de umas asas de anjo. Imagem que publica sempre que homenageia o ex-companheiro.

A estreia de Angélico Vieira no pequeno-ecrã 

Angélico Vieira estreou-se como ator na segunda temporada da série Morangos com Açúcar, da TVI, em 2004, e tornou-se conhecido por interpretar a personagem David, que fazia parte da boys band D’ZRT. Da série, o grupo, composto por Paulo Vintém, Edmundo Vieira, David Fonseca e Angélico Vieira construiu uma carreira de sucesso sem comparação em Portugal.

Os D’ZRT colocaram um ponto final na carreira em 2010 mas, mesmo antes disso, o artista lançou-se a solo com o álbum Angélico. Em televisão, o ator integrou ainda o elenco de novelas como Doce Fugitiva, Feitiço de Amor e Espírito Indomável.
Recorde um dos vídeoclipes mais aclamados de Angélico Vieira:

A relação do ex-moranguito com Rita Pereira tornou-se uma das mais acarinhadas pelo público português. Teve início na série juvenil e, apesar de já não estarem juntos na altura da morte do artista, a atriz da TVI foi um dos rostos mais tristes durante a permanência de Angélico no hospital, assim como na altura do velório e do funeral.

Rita Pereira foi o grande apoio de Filomena, mãe de Angélico, durante esta fase. Na altura da morte do jovem, a atriz e influencer Anita Costa era a namorada do cantor.

Texto: Redação WIN – Conteúdos digitais| Fotos: Impala 

Siga a Revista VIP no Instagram