alimentação saudável
A fruta desidratada é ou não um bom snack? Eis os prós e contras

Saúde e Beleza

Será a fruta desidratada um bom snack para comer entre refeições? Descubra os prós e contras deste alimento.

Qui, 24/10/2019 - 18:40

Hoje em dia, os portugueses preocupam-se bastante com aquilo que comem e tentam fazer uma alimentação saudável. Porém, às vezes é difícil saber o que devemos ou não comer, as quantidades que devemos consumir e, por isso, é importante consultar os rótulos e ler o quadro nutricional dos alimentos. Quanto mais ingredientes naturais que nos são familiares tiverem os produtos, melhores escolhas são para adotar nas nossas dietas.

Para perder peso ou manter a forma, é importante comer entre refeições para evitar comer demasiado às refeições principais. Uma vez que a fruta é um dos alimentos ideais para «trincar» entre refeições, começaram a surgir snacks alternativos, à base de fruta, como alternativas às peças, como é o caso da fruta desidratada. Mas será a fruta desidratada uma opção saudável para comer entre refeições?

A nutricionista Catarina Sofia Correia contou ao site da VIP quais são os prós e os contras desta opção. Confira-os:

Prós

É muito fácil transportar um pacote de fruta desidratada, uma vez que as embalagens são pequenas. Tem uma textura crocante e estaladiça e, por ser desidratada, «estabiliza-se a atividade microbiológica, o que evita que se estrague com mais facilidade e aumenta a catividade antioxidante». A fruta desidratada é uma opção muito mais saudável do que batatas fritas, bolos e bolachas. Se não gostar do sabor, pode adicionar este snack a iogurtes, adicionar ao queijo fresco, ou então fazer granola caseira: misturar com frutos secos, flocos de aveia e levar ao forno.

Contras

Quando a fruta é desidratada, pode existir uma perda substancial de nutrientes comparativamente a uma fruta natural. Além disso, há que ter em atenção a lista de ingredientes deste mesmo produto. Se for apenas fruta desidratada e não tiver nenhum aditivo, é saudável. Mas o mais comum é serem adicionadas substâncias e ingredientes [como açúcares, sal e farinhas] que não acrescentam nada de bom à fruta. O valor nutricional deste snack deve variar entre as 65 e as 80 calorias.

«A fruta desidratada [sem qualquer adição de outra substância] é um bom snack, mas não a faça como a fonte exclusiva de fruta na alimentação. Os nutrientes presentes na fruta natural fazem parte da base da alimentação saudável e devem ser consumidas entre três a quatro peças de fruta por dia», aconselha a nutricionista.

VEJA AINDA: Os snacks perfeitos para «matar» a fome sem engordar

Texto: Redação WIN/Conteúdos Digitais; Foto: DR

 

Siga a Revista VIP no Instagram