Realeza

Príncipe Carlos
Temeu ser assassinado!

O príncipe de Gales já temeu pela vida numa altura muito particular...

No dia das cerimónias fúnebres da princesa Diana, o príncipe Carlos estava muito ansioso. Assim o revela uma biografia da família real de Inglaterra, que diz que o filho mais velho de Isabel II temia pela sua vida, depois de numerosos rumores de um atentado em Londres.

 

No dia 6 de setembro de 1997, toda a família real britânica se reuniu para dizer adeus à "princesa do povo". Carlos fez parte do grupo de oficiais do exército que rendeu homenagem a Diana, sempre de semblante carregado, mas não apenas pela sua tristeza: os Serviços Secretos ingleses levavam muito a sério a ameaça de um atentado, revelava na altura o Daily Mail.

 

O próprio Carlos de Inglaterra chegou a desabafar com os mais próximos "se alguém se lembra de disparar uma pistola contra mim, será o meu fim!".

 

A escritora Ingrid Seward, biógrafa da família real, relembra: "o Príncipe de Gales estava perfeitamente ciente de que, na altura, ele era o inimigo público n.º 1, aliás como ouviu nos muitos comentários sobre si gritados à passagem da urna"... 

 

Fotos: Impala e DR

top Realeza