Piers Morgan
Acusa príncipe Harry de hipocrisia: "O único que teve de pedir desculpa por ser racista"

Internacional

O apresentador britânico Piers Morgan voltou a tecer duras críticas a Meghan e Harry por causa da polémica entrevista que concederam a Oprah Winfrey.

Qua, 07/04/2021 - 13:00

O apresentador britânico Piers Morgan mostrou-se indignado com a entrevista que o príncipe Harry e Meghan Markle deram a Oprah Winfrey e esta semana voltou a tecer duras críticas ao casal real.

Depois de ter acusado Meghan que querer "fazer dinheiro às custas da família real britânica", o comunicador deu uma entrevista à Fox News e, desta vez, as criticas foram dirigidas ao filho mais novo do príncipe Carlos e da princesa Diana. 

Piers Morgan confessou que o príncipe Harry demonstrou uma "hipocrisia ridícula" quando testemunhou as acusações de racismo que a mulher fez a alguns membros da Casa Real britânica. No decorrer da entrevista, Meghan Markle contou a Oprah Winfrey que houve um membro da realeza que questionou o casal sobre quão escuro seria o tom de pele de Archie, mas para Piers Morgan essa afirmação foi exagerada.

"Já conheci a realeza e não acredito que eles sejam de todo racistas. Na verdade, o único membro que teve de pedir desculpa publicamente por ser racista é o príncipe Harry", contou o apresentador, referindo-se ao facto de o pai de Archie ter utilizado um termo racista para se dirigir a um soldado paquistanês, em 2006, quando estava ao serviço das Forças Armadas Britânicas, e também por este se ter mascarado de nazi.

 

 

"Ele é o único. Isso não é irónico? Nunca foi mencionado pela Oprah Winfrey e devia ter sido referido. A ideia de que a família real, e a rainha em particular, estão agora a ser retratados como racistas, como uma rainha racista a liderar uma monarquia racista... acho que é nojento", acrescentou Piers Morgan.

Texto: Mafalda Mourão; Fotos: Reuters

 

Siga a Revista VIP no Instagram