Durante a gravidez todos os pensamentos são centrados na magia da maternidade assim como na chegada do bebé. Tudo muda na vida de uma mulher: o estilo de vida, os ritmos, os medos e anseios e, inevitavelmente, a forma física. A entrada de um novo membro na família que depende de nós para tudo, não permite, muitas vezes, termos tempo para nós.

Entre fraldas, poucas horas de sono e o trabalho e/ou os cuidados com a casa, comemos sem preocupação e não temos paciência para qualquer atividade física. Infelizmente estes comportamentos muitas vezes permanecem após o período pós-parto e quando dá conta não se reconhece.

Neste Dia da Mulher quero relembrar a todas que antes de serem mães, são também mulheres. É importante que cuide da mulher que tem em si pois isso contribuirá para que seja uma mãe melhor. Além de viver mais feliz e satisfeita consigo própria, adotar hábitos de vida saudáveis beneficiarão também o seu bebé e a sua família. Investir em si é investir em quem ama.

Portanto, se necessita perder os quilinhos a mais, procure a orientação e apoio de um médico que lhe possa prescrever um tratamento adequado às suas necessidades.

Um tratamento médico baseado numa dieta proteinada, caracterizada por fornecer a quantidade de proteinas e micronutrientes necessários para o correcto funcionamento do organismo, ao mesmo tempo que se reduz a ingestão de gorduras e açúcares, responsáveis pelo excesso de peso e gordura corporal, tem-se revelado uma alternativa médica altamente eficaz e segura.

Sofia Lucas é um bom exemplo disso. Sempre teve excesso de peso e depois de uma gravidez na qual aumentou muito mais, decidiu fazer uma mudança na sua vida. Em julho de 2015, iniciou um tratamento médico de perda de peso baseado numa dieta proteinada que lhe permitiu melhorar os hábitos alimentares e encontrar energia para a prática de exercício físico. Em apenas 3 meses diminuiu 15 quilos, quase 90% do peso que tinha de perder.

Para a Sofia, o mais importante ao longo deste período de tempo, foi conciliar os hábitos e os comportamentos que adquiriu durante o tratamento com a sua nova rotina diária e o seu papel de mãe. Mas com persistência, a Sofia alcançou o seu objetivo e em 4 meses tornou-se uma mulher mais saudável, mais feliz e mais capaz de manter a boa forma física, motivando outras mães, na mesma situação, a dar o primeiro passo. A Sofia acreditou e sentiu-se realizada com o controlo do seu peso e passo a citar “o excesso de peso não é uma sentença para a vida. Podemos e devemos alcançar um peso saudável”, como explicou no âmbito da campanha Comprometidos com um peso saudável, apoiada pela Sociedade Portuguesa do Estudo para a Obesidade e PronoKal Group. www. comprometidoscomumpesosaudavel.pt

Neste tratamento o doente aprende a conjugar os alimentos e a comer de forma saudável, através de um plano alimentar que culmina na estabilização fisiológica e na reeducação alimentar. Além do apoio médico, o doente é ainda seguido por uma equipa multidisciplinar, composta por nutricionistas, técnicos de atividade física e profissionais de coaching, que o acompanham em todo o processo e dificultam desvios do plano alimentar estabelecido. Trata-se de um trabalho de equipa fundamental para o sucesso deste tratamento.

Segundo um estudo médico publicado na revista Endocrine, este tratamento permite perder, em média, 5 Kg em duas semanas e 14 Kg em dois meses, face aos respetivos 2 e 5 Kg alcançados com uma dieta hipocalórica, que reduz tanto a ingestão de gorduras e açúcares como de proteínas (Estudo ProKal: http://www.pronokal.com/media/cms_page_media/141/PROKAL_Study.pdf).

Nada é impossível e recuperar a forma física depois de ser mãe também não é. Poderá demorar, mas desistir não deve ser uma opção. Cuide de si. Procure acompanhamento médico e comece já a recuperar o seu peso saudável.

Opinião: Dra. Sandra Marques - Medicina Interna

top Nacional