Noémia Costa fez uma homenagem sentido à atriz Anna Paula e ao mesmo tempo mostrou a sua indignação pelas condições em que os atores vivem em Portugal e pela falta de oportunidades dada aos mais velhos. 

“Era eu uma menina e a brilhante atriz Ana Paula era então minha vizinha... Mais tarde, venho a fazer parte do teatro, foi uma das pessoas que me viu nascer no "meio". A última vez que estive com ela foi na casa do artista. Ainda fantástica vinha da rua, ficámos na conversa... Foi por opção que se afastou... Tinha pavor de ficar à espera que o telefone tocasse e mais que a contratassem por pena..... Hoje todos se vão lembrar dela, amanhã já passou. Vergonha de país que maltrata os seus artistas, vergonha daqueles que em vez de darem trabalho a quem merece , fecham os olhos e continuam a fazer vedetas de pés de barro. Foi exímia em tudo o que fez. Até já Ana Paula.”

Anna Paula morreu esta quarta-feira, aos 87 anos. 

Fotos: Impala