Nacional

Luciana Abreu
Vive esgotamento e anemia

Revelações inéditas da cantora contadas numa entrevista irreverente

Luciana Abreu viveu uma fase complicada na altura em que gravava a Floribella. Em entrevista com Rui Unas, a cantora confessou que sofreu de “um esgotamento e uma anemia”.

 

Devido ao excesso de trabalho na série que a SIC exibiu entre 2006 e 2008, Luciana confessou “eu era uma criança que foi engolida pelo fenómeno Floribella. Tenho 10% de memória desses dois anos intensos. [...] Gravava mais de 19 horas por dia, com um esgotamento e uma anemia. Foi muito violento”.

 

A cantora contou também que a sua chegada repentina ao mundo mediático, num papel principal, não foi bem vista pelos colegas o que acabou por gerou alguns insultos.

 

“Ninguém percebia aquilo que eu ouvia, que era: 'Parola do Norte, veio para aí ficar com o papel de protagonista. Eu como atriz ou eu como ator, já cá ando há anos, e nunca me deram um papel de protagonista. E ela vem sem curso nenhum, vem a falar à Norte, e, de repente, é a superstar de Portugal e ganha rios de dinheiro'. É inveja. Na maioria das vezes, fui explorada.”

 

Leia também:

 

- Luciana Abreu e Rui Unas: “Partimos uma cama”

 

Assista ao vídeo da entrevista completa aqui.

 

Fotos: Impala e D.R.