Depois de viver o “maior susto” da sua vida, Luciana Abreu está revoltada e pondera agir judicialmente contra os dois hospitais algarvios que atenderam a filha mais nova, mas não detetaram que a menina, de cinco anos, estava a sofrer de uma pneumonia grave. “Vou tomar uma atitude sem dúvida (…)  O meu primeiro objetivo é tornar isto público, porque se não fosse o padrinho dela poderia ter acontecido o pior. Fui a dois hospitais, fui a dois médicos completamente diferente e não souberam diagnosticá-la e isso é muito grave”, declarou aos jornalistas no último evento onde marcou presença.  


“Ela teve uma pneumonia gravíssima por negligencia médica (…) Quando regressei do Algarve, liguei ao padrinho dela que é médico ele foi a casa vê-la e disse logo, quando viu a radiografia, que a menina estava com um princípio de pneumonia que já devia ter sido diagnosticada no dia anterior. Ele encaminhou-nos para o Hospital de Cascais e a menina ficou logo internada.” 


A cantora revela também que ainda não se refez do susto que viveu. “Ainda não estou bem, quem me conhece sabe que fiquei muito fragilizada (…) Ela ainda pode ter uma recaída, entretanto todo o cuidado é pouco, embora ela tenha de retomar a vida dela”, contou, desvendando que Lyonce foi “muito corajosa”. 


Texto: CD com RB; Fotos: Helena Morais e Impala

top Nacional