Um dos herdeiros de Giovanni Agnelli, Lapo Elkann foi preso em Nova Iorque, acusado de ter feito queixas falsas. Acabou por ser solto, mas tem agora de responder perante um juiz...

 

O caso tem contornos rocambolescos: Lapo viajou para a "big apple" na companhia de uma mulher transexual e, durante dois dias, protagonizaram uma verdadeira orgia de drogas, sexo e álcool... até que se acabou o dinheiro e a companheira lhe terá pedido o dinheiro para pagar a droga consumida.

 

Neste ponto, Lapo ligou para a sua família, dizendo que tinha sido raptado e solicitando 10 mil dólares para o pagamento do resgate e para "garantir a sua segurança"...

 

A família, vá-se lá saber porquê, não valorizou o pedido e avisou a polícia, que contactou os seus congéneres norte-americanos. Localizado o local onde o herdeiro poderia estar, uma patrulha acabou por encontrá-lo às duas horas da madrugada, num café próximo.

 

O neto de Gianni Agnelli deverá agora apresentar-se em tribunal em janeiro próximo...

 

Lapo Elkann já em 2005 foi protagonista de muitas manchetes, depois de ter sido hospitalizado em Turim no seguimento de uma overdose.

 

Fotos: Reuters e Impala