Já imaginou se uma selfie salvasse a sua vida? Foi o que aconteceu a Cloe Jordan, depois de tirar uma fotografia ao espelho. A jovem, de 21 anos, notou uma pinta bem grande, próxima do estômago. Depois de se ver nas imagens, resolveu descobrir do que se tratava aquilo.

 

Foi ao médico para tentar remover o sinal caso fosse necessário. A preocupação chegou quando o médico lhe disse que devia ficar em alerta, pois o sinal já tinha crescido e mudado de cor desde que Cloe nasceu.

 

Submeteu-se a vários exames e descobriu que o sinal se tratava de um cancro da pele, que se poderia ter espalhado para outros órgãos do corpo. “Eu não tinha ideia de que minha pinta tinha se tornado cancerígena, eu sempre a tive. Eu adorava me bronzear nas férias.”, disse ela à CATER News.

 

Com uma cicatriz que não a incomoda, Cloe removeu o sinal e, atualmente, está a aguardar o tratamento adicional.

 

Veja as fotos desta história exemplar na galeria. Atenção: as imagens podem ser chocantes.

 

Fotos: Impala e D.R.

 

As mais vistas do momento:

top Internacional