A noiva desta história, Kelly O'Connell, encontrou Charlie Bear, um cachorrinho labrador, quando este tinha apenas 12 semanas e após ter sido abandonado dentro de um carrinho de supermercado. Kelly tinha 19 anos, encontrava-se a estudar veterinária e foi amor à primeira vista.

 

Os dois cresceram juntos, tornaram-se os melhores amigos e mudaram-se de Nova Iorque para o Colorado. Em 2010, Kelly conheceu o veterinário James Garvin e voltou a sentir o chamamento de Cupido, que, desta vez, a haveria de levar ao altar.

 

Charlie Bear acabou por ser diagnosticado com um tumor no cérebro em abril passado, depois de ter tido um ataque durante um passeio. E o prognóstico não era nada animador, pois a doença estava a progredir rapidamente. Na semana anterior ao casamento de Kelly e James, Charlie teve cinco ataques e notava-se o seu sofrimento crescente.

 

Foi então decidido colocá-lo a dormir, mas Charlie recuperou milagrosamente na semana antes do casamento, pelo que assistiu à boda a 1 de setembro passado. A meio da cerimónia, as forças abandonaram-no e teve de ser uma das damas de honor a levá-lo ao colo, num momento que comoveu todos os convidados.

 

Charlie Bear acabou por ser posto a dormir o seu sono final uma semana depois, a 9 de setembro. Morreu pacificamente em casa, em frente à lareira, rodeado da sua família...

 

Fotos: DR