Nacional

Filhas de Nicolau Breyner
"Temos muitas saudades"

Seis meses após a morte do ator, Mariana e Constança Breyner falam das saudades que sentem

O pai da ficção nacional. Foi desta forma que Nicolau Breyner foi apelidado na semifinal dos International Emmy Awards, que teve lugar no Pátio da Galé, em Lisboa, e que contou com a presença de muitos atores e apresentadores dos três canais de televisão. Também as filhas do ator, que morreu em março deste ano, aos 75 anos, estiveram presentes. Mariana e Constança Breyner foram chamadas ao palco para receber, das mãos de Marcelo Rebelo de Sousa, as insígnias de Grande Oficial da Ordem de D. Henrique, uma homenagem a Nicolau Breyner.

 

Mariana Breyner preferiu não falar sobre como tem sido viver com a ausência do progenitor, mas estava emocionada com o tributo ao ator. “Esta é uma noite especial. É mais uma homenagem ao meu pai, uma lembrança boa.” A jovem confessou que “é sempre bom recordar, mas, como é obvio, temos muitas saudades”.

 

Para as duas filhas do ator, o facto de a novela da TVI A Impostora estar no ar é mais uma forma de o pai estar presente nas suas vidas. “É muito bom saber que as pessoas se lembram dele todos os dias.” Sobre as melhores recordações que guarda do pai, diz que são ”o sentido de humor, o sorriso. Foi o que nos ensinou e é isso que levamos dele”.

 

Texto: CVD; Fotos: Helena Morais e Impala