Nacional

Éder
Sofre racismo na Internet

O jogador, de 28 anos, foi alvo de comentários ofensivos, mas dezenas de pessoas saíram em sua defesa

Depois de lançar o seu primeiro livro, Vai Correr Tudo Bem, Éder foi vítima de comentários racistas e ofensivos nas redes sociais. Contudo, dezenas de internautas saíram em sua defesa e não demoraram a manifestar-se contra tais comentários. “Sem racismo o mundo seria bem melhor”, lê-se em defesa do futebolista, que foi o herói português do Euro 2016.

“Vai Correr Tudo Bem” relata a história de vida difícil do jogador da Seleção Nacional e como a sua capacidade de sonhar o fez ultrapassar as adversidades. A obra, feita em parceria com Susana Torres, a sua mental coach, foi lançada este domingo, no Pestana Palace, em Lisboa.

Fotos: Impala

top Nacional