Cristiano Ronaldo negou, através do seu porta-voz, estar implicado em algum problema com autoridades fiscais. Em declarações ao El Confidencial, o porta-voz de CR7 disse que o futebolista “encontra-se ao corrente de todas as obrigações fiscais desde o início da sua carreira, como a autoridade tributária espanhola pode comprovar, bem como qualquer um dos países onde tenha morado”.

“Não está nem esteve implicado em nenhum problema com autoridades fiscais em nenhum país” e que “todos os negócios que fez foram efetuados de acordo com a legislação em vigor.”

Esta reação do porta-voz do madeirense surge depois do El Confidencial ter afirmado que alguns contratos publicitários e de direitos de imagem do futebolista teriam sido celebrados através de uma empresa criada em Dublin, na Irlanda, o que alegadamente lhe permitiria pagar menos impostos.

A Irlanda tem os impostos sobre sociedades mais baixo da zona Euro.

Fotos: Reuters