À sexta votação, António Guterres recebeu luz verde para a liderança da Organização das Nações Unidos (ONU).

 

Segundo a agência Reuters, o Conselho de Segurança, com a presença de todos os embaixadores, anunciou que o antigo primeiro-ministro era o “vencedor claro”. Porém, ainda não existem certezas absolutas sobre a decisão final para este cargo. Esta quinta-feira, dia 6 de outubro, deverá ainda ser realizada a votação formal para oficializar a eleição.

 

Recorde-se que a candidatura de Guterres foi formalizada em fevereiro deste ano, sete meses antes de Kristalina Georgieva avançar que também concorria ao cargo de secretário-geral da ONU.

 

Fotos: D.R.