Viagens

Agadir
Cidade das praias douradas

As amenas temperaturas convidam os turistas a desfrutar das melhores praias desta atração marroquina

Situada na costa, junto à foz do rio Sous e nas proximidades da cordilheira do Atlas, Agadir é uma das estâncias balneares mais conhecidas de Marrocos. As praias da cidade são conhecidas pelo seu
extenso e longo areal dourado, com uma temperatura bastante agradável durante todo o ano, o que faz deste destino turístico um dos mais apetecidos para os apaixonados pelo mar e desportos náuticos.

Na região falam-se três línguas: tashelhit (primeira língua da maioria), árabe marroquino e francês. Agadir tem três portos: o comercial, que exporta produtos de pesca, frutas cítricas, legumes, flores, etc.; o porto de pesca, onde se pode comprar peixe fresco ou mesmo frequentar o restaurante do porto e saborear não só o peixe fresco como as tajines (prato típico confecionado num recipiente de barro, o que lhe confere um sabor especial); e ainda a nova marina da cidade, que acolhe barcos de seis a 30 metros durante todo o ano. A marina de Agadir é um dos locais que atraem mais turistas. Lá, poderá encontrar não só grandes e bonitas embarcações, como os melhores restaurantes e ainda várias lojas internacionais.

Após o terramoto de 1960, a cidade foi totalmente reconstruída e concebida com uma coerência e urbanismo modernos, onde não faltam as largas avenidas, zonas comerciais e espaços verdes, como é o caso do Vale dos Pássaros e o Jardim d’Olhão. Na avenida marginal, que se estende por cinco quilómetros, pode encontrar cafés, bares, lojas e restaurantes.

O que visitar

Comece por fazer uma visita ao antigo Kasbah, onde poderá desfrutar de uma vista espetacular sobre Agadir. Foi a única zona da cidade que se manteve após o terramoto de 1960. Além dos passeios de camelo, poderá observar o porto de pesca e de cruzeiros, bem como a orla marítima. A melhor forma de se deslocar é de táxi. Do centro da cidade até ao antigo

Kasbah poderá pagar quatro euros aproximadamente. O Souk é, de facto, um mercado muito grande, onde podemos encontrar de tudo um pouco. Neste mercado há uma zona que está mais virada para os turistas. As melhores entradas são as portas 8 e 6, onde podemos encontrar ténis, t-shirts, camisas, calças, vestidos e artesanato. Como em quase tudo, é muito importante regatear os preços que estão marcados.

Os valores podem baixar, em média, até um terço daquele que está marcado. Imperdível é também o jantar fantasia nas tendas marroquinas. Além de poder experimentar os pratos típicos da região, poderá ainda como que regressar ao passado, à época de cavaleiros e magos, com um espetáculo onde não faltam dançarinos, bailarinas, músicos, acrobatas e mágicos.

Informações úteis

Formalidades de entrada no país: deverá ter o passaporte válido para uma estadia de menos de 90 dias Moeda: a moeda marroquina é o dirham, que é dividido em 100 cêntimos. Os melhores locais para efetuar a troca de dinheiro são os bancos ou instituições autorizadas.

Texto: Carla Vidal Dias; Fotos: Shuterstock