Um avião com 81 pessoas a bordo, da equipa de futebol brasileira do Chapecoense, despenhou-se esta terça-feira na Colômbia. Segundo a imprensa internacional, existem, pelo menos, cinco sobreviventes. Além da delegação da Chapecoense com 48 pessoas, entre jogadores, equipa técnica e diretores, estavam a bordo 21 jornalistas brasileiros e três convidados.

 

As autoridades colombianas revelaram que pelo menos cinco pessoas foram resgatadas com vida dos dos destroços do avião. Alan Ruschel foi o primeiro jogador do Chapecoense a ser atendido no hospital de La Ceja, na Colômbia. Marcos Danilo Padilha terá falado com a família por telemóvel do local do acidente, escreve a imprensa colombiana.

 

O avião despenhou-se quando se aproximava do aeroporto de Medellin, depois de ter perdido o contacto com a torre de controlo. O piloto terá enviado um SOS momentos da queda, após ter aberto os tanques de combustível para evitar a explosão.

 

A página oficial do clube ainda não avançou nenhuma informação acerca do número de mortos.

 

Comunicado do clube até agora:

 

Os jogadores momentos antes de entrar no avião:

 

Nas redes sociais as homenagens já se fazem sentir. Messi, Iker Casillas e David Beckham fizeram questão de mostrar o seu apoio. Veja na galeria.

 

Fotos: D.R.